O Sindicato de Estabelecimentos Prestadores de Serviços em Saúde de São Luís (SINDHOSP/SL) inicia nesta quarta-feira (20), o curso de “Liderança Tática Operacional e de Desenvolvimento de Equipes”, voltado à capacitação de profissionais de hospitais, clínicas, centros de saúde e laboratórios da capital maranhense.

O evento, organizado pela Federação Nacional dos Estabelecimentos de Serviços de saúde (FENAESS), terá como facilitadora a psicopedagoga Aniete Goes, que abordará todas as etapas do processo de formação da liderança, seus estilos, habilidades e comportamentos necessários para o desempenho eficaz na gestão de pessoas.

O Ministério da Saúde incorporou o medicamento Certolizumabe Pegol para tratamento da Doença de Crohn, no nível moderado a grave, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). A decisão atualiza o Protocolo Clínico de Diretrizes Terapêuticas (PCDT) dessa enfermidade, modernizando os tratamentos médicos com as devidas orientações em relação aos critérios, melhores formas de atuação e dosagem do remédio para cada caso.

Três exames para detecção de vírus zika passam a ter cobertura obrigatória pelos planos de saúde a partir desta quarta-feira (06). Os exames estabelecidos pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) são o PCR (Polymerase Chain Reaction), indicado para a detecção do vírus nos primeiros dias da doença; o teste sorológico IgM, que identifica anticorpos na corrente sanguínea; e o IgG para verificar se a pessoa já teve contato com zika em algum momento da vida.

O desempenho assistencial dos hospitais membros da Anahp – Associação Nacional de Hospitais Privados foi bastante favorável, em 2015, apesar da desaceleração da economia e dos resultados econômico-financeiros do setor, de acordo com o Observatório Anahp 2016.

O Plenário do Senado concluiu, nesta terça-feira (28), a atualização das regras para o enquadramento das empresas no Simples Nacional – um sistema especial de recolhimento de tributos federais, estaduais e municipais em um único documento, o que reduz a carga tributária.

As alterações na primeira votação, que aconteceram no dia 21, contemplaram uma emenda do senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) que pedia rearranjo da forma de tributação para médicos (eles poderiam migrar da tabela V para a tabela III, com alíquotas mais favoráveis).

 

O medicamento clozapina será ofertado no Sistema Único de Saúde (SUS) para pacientes com transtornos psicóticos associados à doença de Parkinson. A decisão de adotar o antipsicótico para o tratamento da doença foi da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec), atendendo pedido da Secretaria de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde.

Atualmente, o medicamento já é usado no SUS no tratamento de outras doenças, como transtorno bipolar e esquizofrenia.Para que o medicamento passe a ser receitado também a pacientes com Parkinson, o Ministério da Saúde deverá elaborar, em até 180 dias, um protocolo clínico que oriente a sua utilização.

Pagina 6 de 9